Cronograma capilar, como funciona?

Olá meus criativos.

Tudo certo?

Hoje o papo é sobre cabelo, mais especificamente, como restaurar a saúde das madeixas, vamos falar sobre: Cronograma Capilar.

Cronograma capilar, como funciona?

O que é?

Você basicamente vai criar um agenda de tratamento para o seu cabelo, afim de recuperar os os nutrientes perdidos devido ao uso de chapinha, modeladores, secador e outras coisas que prejudicam o cabelo.

Mas antes:

Existe um teste que você pode fazer em casa mesmo para saber o seu cabelo precisa, confira na imagem:

 

Foto: Google.
Foto: Google.

Informações abaixo tiradas do site dica de mulher sobre os 3 procedimentos:

  • Cabelos sem brilho, armados, embaraçados, ressacados: certamente eles precisam de hidratação. E lembre-se: todo cabelo precisa de hidratação.
  • Cabelos com frizz, desalinhados e porosos: provavelmente precisam de hidratação ou umectação.
  • Cabelos muito finos, com pontas duplas e quebradiços: precisam provavelmente de reconstrução.

Hidratação:

Como ela age: Moreira explica que a hidratação repõe água e aqueles nutrientes que fazem parte da formulação do creme utilizado. De imediato o cabelo fica mais macio ao toque e com mais brilho.

Quem precisa: Rezende destaca que todos os cabelos devem ser hidratados, até mesmo os cabelos virgens, pois as agressões do sol, praia, piscina, secador, chapinha etc. danificam e abrem as escamas, fazendo assim surgir pontas duplas, entre outros problemas. Moreira acrescenta que a hidratação é recomendada para todos os cabelos, pelo menos uma vez na semana.

O uso em excesso causa: possíveis danos ao fio. “O cuidado que se deve ter é com excesso de cremes no couro cabeludo, o que pode causar oleosidade e escamação”, diz o cabeleireiro Rezende. Deve-se respeitar o intervalo mínimo de 48 horas entre as sessões, e o creme não pode permanecer nos cabelos mais tempo do que o estipulado na embalagem do produto.

Substâncias hidratantes: glicerina vegetal, glicerina (glicol, glycerin, gliceryD), bepantol, proteína elastina e colágeno (hydrolized collagen protein), extratos botânicos, panthenol, aloe vera, vitaminas, cetyl alcohol, cetearyl alcohol, sacarose, proteína de aveia, proteína de arroz, proteína da seda, proteína hidrolisada da soja, proteína hidrolisada do milho, mel, chocolate, entre outras.

Nutrição

Como ela age: de acordo com Moreira, o objetivo principal da nutrição é repor os lipídios necessários para devolver a oleosidade natural dos fios.

Quem precisa: pessoas que estejam com os fios ressecados, opacos e sem movimento, destaca Moreira. O resultado são cabelos mais sedosos, com peso e brilho.

O uso em excesso causa: “excesso de oleosidade, deixando os cabelos ensebados e pesados”, diz Moreira.

Substâncias nutritivas: ceramidas, manteiga de karité (shea butter), manteiga de cacau (theobroma cação butter), manteiga de murumuru (astrocaryum murumuru seed butter), manteiga de cupuaçu (cocoa butter), manteiga de abacate (avocato butter), manteiga de macadâmia, manteiga de tutano (marrow butter), óleo de argan, óleo de tutano, óleo de abacate, óleo de oliva, óleo de coco.

Reconstrução

Como ela age: Sylvio Rezende destaca que a reconstrução repõe massa e proteínas nos fios, devolvendo rigidez e força aos cabelos. Moreira ressalta que a principal proteína que compõe os fios é a queratina, por isso, é extremamente importante realizar recarga de queratina pelo menos uma vez ao mês. Os cabelos ficarão mais encorpados e resistentes.

Quem precisa: pessoas com fios porosos e quebradiços.

O uso em excesso causa: pode enrijecer demais os fios. Rezende reforça que o excesso de proteínas pode causar uma degradação do fio. “Este processo de repor proteínas deve ser feito no máximo a cada 15 dias (e não menos do que isso), senão os fios ficarão muito duros e, assim, podem quebrar”, diz.

Substâncias reconstrutoras: queratina, arginina, colágeno, cisteína, creatina, proteínas e aminoácidos de trigo etc.

———————————–

Como montar seu cronograma capilar:

Primeiro: Sabia qual tipo de cabelo é o seu, exemplo: Se é oleoso, seco e etc.

Sabendo disso, você irá montar o cronograma de acordo com o que o seu cabelo necessita.

importante: É importante ter um intervalo de 48hrs entre os procedimentos.

 Cronograma:

Foto: dica de mulher.
Foto: dica de mulher.

Perdoem o post logo e não desiste de mim ta?

Mas eu queria trazer um post bem informativo para vocês.

Espero que tenham gostado.

Um super beijo e até a próxima.

Facebooktwittergoogle_pluspinterestmail

You may also like

2 Comentários

  1. Oooi, tudo bom? Conheci seu blog agora e já estou adorando ♥.
    Eu queria muuuuuito fazer um cronograma capilar, até por que eu já usei muita (destaque no MUITA) tinta, descoloração, enfim… O que deixou meus fios bem mais finos e ressecados do que eram antes. Infelizmente, ele estava gigaaante, quando me deu a louca e eu resolvi cortá-lo, mas não parei com a química. O resultado foi: o cabelo crescia, sim, mas todo despontado e feio, o que fazia com que eu tivesse que viver cortando as pontinhas. Mas agora decidi deixá-lo natural e me dedicar mais a cuidar dele ao invés de destruí-lo hahaha.
    Post muito útil!

    xx, Giu.
    http://thedarkestpink.blogspot.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *